já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Autárquicas: PS/Quarteira sem candidato

ps/algarve anula designação de tomás
Segundo informação recolhida na edição online do semanário «Regi-ão Sul», a Federação do PS/Algarve anulou a designação de Ezequiel Tomás à Assembleia de Freguesia de Quarteira, a qual, há meses, fora decidida pela Comissão Concelhia do PS/Loulé.

Diz a notícia:

"O PS Loulé aprovou Ezequiel Tomás como candidato à Junta de Freguesia de Quarteira mas vários militantes da secção local dos socialistas reclamaram, tentaram a impugnação e o PS Algarve deferiu a intenção na passada sexta-feira.

Fonte do PS disse ao Região Sul que, desde o início, cerca 40 militantes da secção de Quarteira dos socialistas protestaram perante a decisão do PS Loulé, argumentando que esta iria contra os estatutos. Ou seja, o candidato deveria ser escolhido por Quarteira.

A reclamação foi feita junto da Comissão Jurisdicional do PS Algarve que decidiu na passada sexta-feira, anulando a candidatura de Ezequiel Tomás.

O grupo de militantes da secção de Quarteira tem uma outra candidata, Hortense Morgado.

No entanto, no próximo dia 5 de Junho vai ter lugar uma assembleia de militantes para apresentação de candidaturas, e o candidato à Junta de Quarteira será escolhido em eleições agendadas para dia 13 do mesmo mês. "


20 comentários:

ssebastiao disse...

Enviando abraços ao Ezequiel e à Hortense; quero felicitar Quarteira e desejar que, agora que a decisão está de novo aberta, seja capaz de escolher o melhor candidato alternativo a José Mendes, que pessoalmente, também respeito.
O "sebastião" acompanha Quarteira merecedora, pelo seu dinamismo, de mais apoio ao seu desenvolvimento, e, talvez por isso, vai ser o cenário determinante das próximas autárquicas. Que se unam as forças da mudança! Que não se desgastem como em 2005!

Anónimo disse...

Instabilidade! Instabilidade! Assim não se ganha Quarteira!

Júlio César disse...

Felicito os socialistas de Quarteira. É preciso que os políticos "de carreira" entendam que não podem subverter a legalidade e que as freguesias não são feudos da "sede" dos concelhos.

Desejo que o processo autárquico de Quarteira vá de encontro aos seus desejos.

Pessoalmente, quero mandar cumprimentos ao Ezequiel pela sua determinação e querer e também ao novo nome apresentado, de Hortense Morgado, senhora a quem igualmente reconheço méritos e grandes capacidades.

Mas quem está mesmo de parabéns, para já, são os QUARTEIRENSES que foram capazes de "explicar" que Quarteira é dos quarteirenses.

Anónimo disse...

Bravo quarteira! Que grande frase essa - o candidato deveria ser escolhido por Quarteira.
Nem mais!

Membro da AQUC disse...

Assim sim: Quarteira nunca será nada, nem concelho nem nada se os quarteirenses não forem capazes de demonstrar a Loulé que aqui quem manda somos nós.
Parabéns!

Anónimo disse...

Tenho pena do Ezequiel mas tenho de reconhecer que se for escolhida a Hortense será uma melhor escolha.

Rita disse...

QUARTEIRA PARA OS QUARTEIRENSES!
Loulé deixe-se tar lá na sua terra.

Paula disse...

Que o Eziquiel não percebesse que não tem capacidade para desempenhar o cargo de Presidente da Junta até se percebe mas que quem esteja a cima dele não perceba é muito triste para o bem de Quarteira e é muito mau mesmo.

Anónimo disse...

Hortense atira-te ao Zé Mendes que ele não se aguenta nas canetas.
Nunca fez nada de geito para Quarteira.
Força Hortense não são só os socialistas que estão com tigo. Há muitos Quarteirenses que te apoiam.

Anónimo disse...

josé mendes já podes cantar vitoria porque os socialistas de quarteira mais uma vez estâo de costas viradas hortênse nunca, mais val votar no bloco de esquerda eu sei que este comentário nâo vai ser publicado mas nâo faz mal eu vou publicar noutros nâo queremos a hortênse

Anónimo disse...

Olha os amantes do homem do lixo já estão com dôr de cotovêlo...
LOL LOL LOL

Anónimo disse...

Ó Calçadão, então vocês publicam veneno? Os amigalhaços do Ezequiel já estão a bufar? Claro que eles preferiam perder.... por isso era melhor levarem o Ezequiel. O PDS já tinha a Junta no papo.
Agora que o homem até já lanchava com as empregadas da limpeza, vem os tipos de Faro desmanchar o arranjinho?

Flora disse...

Sabem o que eu penso? O Vairinhos não queria xatisses e pediu aos gajos de Loulé que rezolvessem o problema antes dele ser candidato e o Hugo lhe fez a vontade e armou esse truque porque há por aí uns tipos que ainda não perceberam que o Partido Socialista de Quarteira não é dêles.
Os culpados deste embroglio não foram só os gajos da Comissão de Loulé. O Vairinhos também teve muita culpa nisso.
Ainda bem que são os melitantes de cá que vão escolher não são os melitentes de Loulé e de Boliqueime e de Alte e de Almancil.
VIVA QUARTEIRA!

Sérgio disse...

Já era tempo de alguem pôr um travão nisto. Todos os candidatos (do PS e do PSD também) sempre foram impostos por Loulé.
Ainda bem que esta direcção do PS de Quarteira reagiu.
Estamos fartos das asneiras dos meninos de Loulé!
Nem se davam ao trabalho de fazer uma sondagem nem nada. Era como eles queriam e mais nada.
Espero que agora também o PSD de Quarteira seja capaz de tomar uma posição igual e que todos possamos escolher pelas nossas cabeças os nossos candidatos.
Neste momento não sou nem por este nem por aquele. Serei pelo quarteirense que eu ache que será a melhor escolha para Quarteira e que tenha sido escolhido pelos quarteirenses.
Acho que o PS e o PSD são partidos onde se pratica a justiça e por isso fico contente com esta decisão do PS de Faro.

Anónimo disse...

Á hortense Morgado, se me permite deixo um conselho:
- Que pense pela sua cabeça e não influenciada por quem não tem nada a ver com Quarteira;
- Que a ânsia de poder a todo o custo é má conselheira e tem efeitos perversos;
- Que, assim sendo,só uma atitude é possível, para evitar a sua morte poltica e descridbilidade pessoal, é a de, em nome da harmonia do partido de que é militante e dirigente local, manifestar o seu apoio público à candidatura de Ezequiel Tomás, e não contribuir para acentuar a fragilidade do PS em Quarteira.

Anónimo disse...

Hortense ou Ezequiel... perdem de qualquer maneira

Tá tudo a dormir? disse...

Será que os comentadores não vêem que o que foi contestado foi a FORMA como LOULÈ, ignorou os quarteirenses neste processo? È para que esses fulaninhos de Loulé, saibam que Quarteira tem “MASSA CRÍTICA” ao contrário do que afirmam.

Lourenço Anes disse...

Pela segunda vez me vejo forçado a retirar a possibilidade de comentar um post referente a Ezequiel Tomás.
Infelizmente, há comentadores que preferem a grosseria e a linguagem desbragada e o Sr. Ezequiel Tomás, que eu saiba, merece a consideração pública.
Daqui lhe enviamos os nossos cumprimentos e lhe garantimos que não deixaremos passar qualquer insulto que lhe seja dirigido.
Cumprimentos

Lourenço Anes disse...

Provavelmente, o que hoje vou fazer não será completamente correcto: vou reabrir momentaneamente a caixa de entrada de comentários para este post a fim de permitir a entrada de um comentário, quando essa possibilidade já tinha sido inviabilizada por mim.

Lamento, como disse em comentário anterior, a falta de civismo e educação de alguns leitores que usaram argumentos soezes e linguagem imprópria sobretudo contra Ezequiel Tomás, cidadão quarteirense com legítimas ambições. É intolerável que algumas pessoas se permitam, acobertados pelo anonimato, vilipendiar as pessoas. Não o permitiremos. Todos os comentários que entendemos que ultrapassavam todos "os limites" foram, naturalmente, eliminados por mim.

Outros usaram o mesmo método, ainda que com menor virulência de linguagem menos desbragada contra Hortense Morgado que, enviando-nos um comentário-resposta, se lamentou, por e-mail, posteriormente, que não lhe fosse permitido responder, no mesmo local, a ataques que lhe foram dirigidos.

Por isso, vou permitir, excepcionalmente, a inserção do seu comentário.

O mesmo farei, evidentemente, relativamente a Ezequiel Tomás se ele assim o entender e nos enviar o seu texto por correio electrónico.

A ambos, a equipa do ‘Calçadão’ exprime o seu respeito e consideração.

Cumprimentos

L. A.

Hortense Amador Morgado disse...

Peço desculpa aos responsáveis pelo blog, por utilizar este espaço, para responder a um comentador “anónimo” que a mim se dirige e ainda por responder num post que nada tem a ver com este assunto, mas como foi retirada a possibilidade de responder…

Sr. anónimo, não respondo pessoalmente porque os anónimos não têm voz nem expressão. Sabe porquê? Porque, ao contrário de mim, o anónimo não dá a cara. Esconde-se no anonimato porque é mais fácil responder quando não se tem a coragem de dar a cara.

Não faz mal. Não sei quem é, nem me interessa (re) conhecê-lo.

Interessam-me, sim, os Quarteirenses – que, mais que provavelmente, a si, pouco interessam. (Sabemos como muitos dos nascidos em Loulé ou em Querença, ou lá onde for, os Quarteirenses só lhe interessam quando… daí tiram vantagens pessoais).
Mas esses, os Quarteirenses, sim, são a razão porque integrei um grupo de militantes, para defender a filosofia do Partido Socialista - onde a democracia, a transparência, a integridade e o respeito pelos seus militantes, constam dos estatutos, e pelo qual, o secretariado da secção de Quarteira se rege.
E, de acordo com esses mesmos estatutos, são os militantes das freguesias onde há Secções, que devem escolher o candidato a encabeçar as listas.

Se Loulé, ignora Quarteira, e lhes nega o direito de escolha em liberdade, o Sr anónimo acha, em sã consciência (prevendo que tem alguma), que eu, secretária coordenadora da secção me calaria?

Não se trata do candidato Sr Anónimo. Trata-se de uma coisa que o Sr.Anónimo, talvez não saiba o que é: JUSTIÇA!.

Ao contrário do que o Sr faz: confundir a verdade, eu quero apenas e só que sejam os militantes de Quarteira, a escolher para Quarteira, percebe? Ou quer que lhe faça um desenho?
Farei a campanha do Ezequiel, se for essa a vontade dos militantes de Quarteira, não a vontade de um grupo de senhores, que acham que Quarteira não sabe o que quer. Você devia saber isso, não acha?

Com a ameaça que me faz de “morte política e descredibilidade pessoal”…é assim que o Sr. faz política? Ameaçando quem se atravessa no seu caminho, Sr. Anónimo cobarde?

Deixo esta apreciação aos Quarteirenses, leitores de blogs…e já agora faço-vos um desafio. Quem acham vocês, capaz de fazer tal ameaça? PSD? PS? Ou alguém ressabiado????

Hortense Morgado