já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

BLOG DAY 2007

celebremos, então!
mm

“Ès um blogger ? Estás pronto para fazer parte de algo grandioso ?Queres deixar uma marca na face da Terra ? Então, Celebra o BlogDay ...!”
mmm
"Blog Day" foi criado na convicção de que os bloggers deverão ter um dia dedicado ao conhecimento de novos blogs, de outros países ou áreas de interesse. Nesse dia os bloggers recomendarão novos blogs aos seus visitantes.
mmm
Em comemoração da sua terceira edição, os bloggers de todo o mundo farão um post a recomendar a visita a novos blogs, de preferência, blogs de cultura, pontos de vista ou atitude diferentes do seu próprio blog. Nesse dia, os leitores de blogs poderão navegar e descobrir blogs desconhecidos, celebrando a descoberta de novas pessoas e novos bloggers."
mmmm
A minha sugestão de blogs a visitar em forma de retribuição do Prémio Blog 5 Estrelas que a Elisabete e Monika atribuiram á Minha Matilde & Cª, são para 5 blogs "fabricados" em Quarteira, a bela cidade que acolheu este Louletano de gema:
mmm
António Boronha - Um grande Homem do futebol nacional, "emigrou" para a www e de Quarteira, elabora um dos melhores blogs portugueses. Não existe tema especifico apesar de o Futebol continuar a ocupar o coração deste livro aberto ...!
mmm
Café da Avozinha do João Santos - Um Quarteirense muito atento a tudo que se passa na cidade, um reivindicador nato que de alma e coração deseja uma Quarteira Melhor ...!
mmm
Calçadão de Quarteira - Da Rua Vasco da Gama até ao Calçadão, lança um olhar sobre a terra de Quarteira e as suas gentes - ri com as suas alegrias, chora com os seus desgostos, protesta contra aqueles que não nos respeitam e olha o mar que nos alimenta o corpo e o espírito.
mmm
Just Feelings da Nadir - Sentimentos soltos ao sabor do vento ... Uma Escrita Original em forma de Contos, Monologos e Poesia de uma velha amiga d´A Minha Matilde & Cª ...!
mmm
Tons de Azul - De Quarteira para o Mundo em tons de Azul ...!
Contudo penso que todos nós que "vivemos" na Blogoesfera, que nos empenhamos e esforçamos, gastando muito tempo com os nossos Blogs em detrimento de tudo o resto, merecemos o nosso "Lugar ao Sol" e o maior prémio que um blog pode receber é a tua visita e o teu comentário ...!
mmmm
Por isso, apenas sugiro que naveguem neste imenso mundo chamado BlogoEsfera ...!
in "A Minha Matilde", por Miguel em 31 de Agosto
mmm
Cumpre-nos agradecer a afabilidade do Miguel, "o pai babado da Matilde e do Martin" e é com gosto que recomendamos a visita ao excelente blogue que produz: "A Minha Matilde", merecedor de... todas as outras estrelas para além das cinco!
.

MÚSICA ANTIGA NA IGREJA VELHA

quarteira vai ouvir lírica profana trovadoresca
.
Pela 9ª vez, promovido pela Câmara de Loulé, vai realizar-se, este ano, um Encontro de Música Antiga. O evento terá lugar em várias freguesias do concelho, com início no próximo dia 15.

mmm
Realizar-se-ão audições nas igrejas de Alte, Boliqueime, Matriz e S. Francisco de Loulé, Querença e Quarteira e ainda no Cine-Teatro Louletano e, surpreendentemente, em duas empresas privadas: uma de Almancil e outra no “resort Vila” (sic).
mmmmmmmm
As peças que irão ser interpretadas compreendem um vasto período da História da Música, que passa pelas cantigas de amor dos trovadores da Idade Média, pela música renascentista e barroca, e vai até às composições dos mestres do final do século XVIII.
mm
Em Quarteira, o espectáculo terá lugar no 1º de Outubro, Dia Mundial da Música, na igreja de Nossa Senhora da Conceição. Será apresentada música medieval dos séculos XIII-XIV, pelo grupo ‘Amar contra o silêncio’, um grupo que “procura um caminho de especulação sonora e artística, lançando hipóteses ao ouvinte contemporâneo”, num espectáculo intitulado “Que me queres amor?”.
mm
Depois de tanta especulação política e social que nos tem envolvido, talvez não seja mau de todo um pouco de “especulação sonora e artística”…
.

EQUIPA PROFISSIONAL DE GOLFE

com dupla algarvia formada em vilamoura
.
Como tínhamos anunciado, foi apresentado ontem, no Oceânico Pinhal, em Vilamoura, a equipa profissional de golfe portuguesa, a Oceânico Golf Team Portugal.
.
Tiago Cruz, o actual nº. 1 do PGA de Portugal
.
A equipa, formada por Tiago Cruz, actual nº 1 da ordem de mérito da PGA de Portugal, e pelos dois irmãos algarvios, Hugo Santos e Ricardo Santos (produzidos no Clube de Golfe de Vilamoura), e orientada por Daniel Silva, tem por objectivo produzir jogadores profissionais de golfe, com capacidade e ambição para projectar o golfe nacional o nome de Portugal.
.
No âmbito do projecto, resultante da parceria entre o Grupo Oceânico, a Professional Golf Association (PGA) Portugal e a Best Golf Corporation, pretende-se que a equipa vá representar o País em cerca de 28 torneios de golfe, até final deste ano.
.
Dizem que Santos da casa não fazem milagres... Mas como são logo dois Santos cá da casa, pode ser que Vilamoura ainda assista a algum milagre no golfe mundial...
.

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

PROIBEM O USO DE CINTURA BAIXA!

o que é bom não é para se mostrar?
.
A cidade de Alexandria, no estado do Lousiana, proibiu o uso de calças de cintura baixa, comum entre os adolescentes, seguindo o exemplo de outras cidades do sul dos EUA que já adoptaram ou debatem uma medida semelhante.
.
Em caso de infracção, os adolescentes podem ter de pagar uma multa de 500 dólares e de cumprir uma pena de seis meses de prisão.
in “Notícias Sapo”, 30/Agosto, por Lusa
.
Se a "moda" pega, quero ver como se vão arranjar as garotas de Quarteira !...
,

O MERCADO CLANDESTINO FOI VISITADO

“comerciantes” toxicodependentes escapam
.
Dando satisfação às justas reclamações dos quarteirenses e que, finalmente, as autoridades atenderam, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) “visitou”, esta manhã, o mercado clandestino de peixe, junto da lota de Quarteira.

Uma operação aparentemente mal preparada (ou deliberadamente mal preparada?) que permitiu debandada geral dos “comerciantes” daquela “praça”.
.
Na realidade, suspeitas cumplicidades parece conjugarem-se para que os resultados tardem a surtir efeito.
.
As apreensões, assim mesmo, foram efectuadas. Pelo menos as do pescado que não foi de imediato, escondido e levado para fora do local.
.
A ASAE aplicou multas a pescadores; mas os toxicodependentes que ali se dedicam a este “curioso negócio” escaparam-se, abandonando a mercadoria. Como são estes que constituem o maior perigo para a saúde dos consumidores desprevenidos, gorou-se, no seu aspecto mais importante, a acção da ASAE.
.
De qualquer modo, saúda-se a “aparição” de uma fiscalização que tem vindo a ser reclamada insistentemente e que, até hoje, nada fizera de autenticamente positivo.
.
Vamos ver se, para a próxima, que não pode tardar, os resultados mostram maior eficácia.
.

"ALLGARVE" QUASE A ACABAR

fogo de artifício com marca brasileira
.

No âmbito do Festival Internacional de Pirotecnia do Algarve, à meia- -noite de hoje, todos os olhares vão estar concentradas no céu da Praia de Quarteira, onde a 'New Fireworks of Brazil' vai demonstrar porque é uma das empresas mais bem conceituadas do mundo da pirotecnia.
.
Um festival de alegria, cor e movimento constituirão aquilo a que a empresa denominou “Noite Carnavalesca”, um espectáculo que pretende reproduzir, nos céus, “o ritmo, a alma e a energia do povo brasileiro, numa dança de estrelas a um ritmo frenético”.
.
O Ministério da Economia fez a festa, lança os foguetes.
Será que o Governo vai deixar as canas para nós apanharmos?!
.

ORQUESTRA DO ALGARVE EM QUARTEIRA

música erudita no calçadão
.
No próximo dia 6 de Setembro, no palco instalado no extremo Nascente do Calçadão de Quarteira, com início às 22.00 horas, a Orquestra do Algarve vai apresentar um “Concerto de Verão”.
.
A orquestra será dirigida pelo maestro Osvaldo Ferreira e interpretará obras de música erudita de Rossini, Hans Roosenschoon, Vivaldi, Sibelius e Johann Strauss (pai e filho).
.
A entrada será livre e, segundo a nota de imprensa da Câmara de Loulé, espera-se que o espectáculo poderá atrair os turistas que ainda se encontrem por cá.
.
Se não fosse pelos turistas… não tínhamos direito ao concerto?
.

UM AMIGO HOJE, UM FUTURO AMANHÃ

assim se prepara a segurança pública
.

Numa perspectiva de interac-ção com as populações, a Polícia de Segurança Pública mantém um programa de contacto com jovens de bairros problemáticos a que deu o nome de «Um amigo hoje, um futuro amanhã».
.
O programa teve início na Amadora, em 2005, já se alargou a outras zonas da “Grande Lisboa” e compreende actividades que preenchem o dia-a-dia de cerca de 500 crianças dos bairros de Santa Filomena, Cova da Moura e 6 de Maio: idas à praia ou ao cinema e visitas a bairros históricos fazem parte do programa.
.
«A resposta que tivemos indica-nos que estamos no caminho certo», afirmou à agência noticiosa Lusa, João Pais, responsável da PSP por este projecto.
.
Mesmo depois do verão, as actividades do programa, onde já estiveram envolvidas oito mil crianças em idade escolar, vão continuar e, em Janeiro, deverá ser planeado o alargamento a todo o país.
in “Diário Digital”, 30/Ago
.
Com os autarcas louletanos e quarteirenses sempre a apelar à segurança (leia-se vigilância/repressão), será que alguém se vai lembrar que a segurança do futuro se prepara hoje?
Sigam os bons exemplos, façam favor!

.

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

SERVIÇO COMUNITÁRIO PARA GRAFITTEIROS

bom-senso e determinação de autarcas.
Sandra, Costa, João e Márcio, com idades entre os 11 e 13 anos, gostam de pintar graffitis e, na tarde de segunda-feira, . lembraram- -se de usar como tela a Fonte dos Namorados - um local emblemático da praia da Foz do Arelho, nas Caldas da Rainha.
.
Uma moradora viu e denunciou-os à GNR, que os apanhou em flagrante delito.
.
Para evitar eventuais procedimentos legais, a Junta de Freguesia da Foz do Arelho propôs-lhes, como alternativa, que limpassem o que sujaram, uma medida pedagógica que resultou.
.
Os miúdos acabaram por se oferecer também para pintar a fonte e arranjar a zona adjacente.
in "Correio da Manhã", 29/Agosto
.
Que belo exemplo para a JF de Quarteira... se esta tivesse vontade de lavar a cara da cidade!
.

MENESES PREOCUPADO COM OS TERRORISTAS

e com os sindicatos do crime
.
Filipe Menezes disse ontem, em Faro, que está preocupado com o crescente aumento de violência em Portugal.
“Estamos a transformamo-nos numa espécie de Chicago dos anos 30” - disse.


Meneses indicou como as grandes ameaças os grupos terroristas espanhóis e a imigração, tendo associadas as máfias organizadas do leste da Europa, “de forma particular aqui no sul do país”.

Baltazar Garzón não precisa vir. Meneses já sabe onde está a ETA.
.

PORTUGAL SOBE 3 LUGARES…

... no ranking da qualidade dos serviços públicos
.
Portugal subiu três posições no “ranking” de avaliação da qualidade dos serviços públicos, ocupando agora o décimo sexto lugar, à frente da França, da Itália e da Espanha, anunciou hoje o gabinete do coordenador do Plano Tecnológico.

.
Importa-se de repetir?!...
.

terça-feira, 28 de agosto de 2007

PARA ONDE FOI O POLVO?

as capturas continuam a cair
.
Segundo um comunicado do Partido Comunista Português do Algarve, os dados existentes indicam que as capturas de polvo caíram mais de 50% face ao ano 2006, ano em que já se tinha regis-tado uma quebra superior a 40%.

Os comunistas afirmam que, por isso, é “necessário que o Governo assuma a necessidade de subsidiar os pescadores durante o período de defeso. A não serem tomadas medidas, será o futuro deste molusco e de dezenas de famílias que está posto em causa”.

Será que, um dia destes, teremos de ir comprar o polvo a Ayamonte?
.

COMPRO O QUE É NOSSO

ou compro o que posso comprar?
.
A câmara de Loulé celebrou um acordo de cooperação com Associação Empresarial de Portugal com à participação na campanha “Compro o que é nosso”.

A campanha terá como objectivos a promoção e valorização dos produtos nacionais, incutindo na população a importância de aumentar o consumo daquilo que é produzido em Portugal.

A câmara de Loulé comprometeu-se a usar a marca “Compro o que é nosso”, nos eventos organizados pela autarquia, como as feiras do artesanato, da serra ou do livro.

Com os preços que actualmente estão a ser praticados em tais eventos, vai ser difícil combater a campanha surda “compro o que vendem os chineses”…
.
.

FATALIDADE

sou um desgraçado sem futuro nenhum!…
.
" Concluo que sou um analfabeto político:
m
não minto nem prometo o que não posso cumprir, como os políticos;
m
não pinto a realidade de dourado nem a mistifico, como os políticos;
m
não aceito cunhas nem favores, como os políticos;
m
não sou vulnerável a pressões nem compadrios, como os políticos;
m
não pactuo com a corrupção nem a fomento, como os políticos;
.
não me encho à custa dos outros nem aceito que alguém o faça, como os políticos;
.
não estou nas tintas para o país (região ou concelho) nem para as populações, como os políticos...
.
Logo, além de analfabeto político, sou um desgraçado sem futuro nenhum! "
in blogue “Mais Évora” de 26/Agosto, por manoelinho
.
Há pessoas assim! Raridades!...
E mesmo assim... ainda as deixam à solta. Até quando?
.
.

O REINO DOS PATOS-BRAVOS

dados divulgados pelo instituto nacional de estatística
.
“Algarve apresenta taxas de crescimento de construção de habitação anuais superiores ao resto do país, desde 1991”
.
“Nos últimos 15 anos, o número de edifícios na região do Algarve cresceu cerca de 20 por cento e o número de fogos aumentou mais de 32 por cento. No mesmo período, a média nacional ficou-se pelos 13 e 23 por cento, respectivamente”
.
“Edifícios cada vez mais altos e menos espaçosos - Algarve é a região com mais habitações T0 e T!”
.
“Estudos Nacionais e internacionais confirmam Algarve como ‘oásis da construção’ – Área construída cresceu 55 por cento em duas décadas”
m
“O mesmo estudo refere que do avanço do betão na região resultou o desaparecimento de 20 por cento da vegetação natural”
m
“Quarenta por cento dos alojamentos estão vagos”
m
“Segundo as estimativas do INE, já existem mais alojamentos que população em diversos concelhos algarvios”.
m
O concelho de Loulé consta em todas as listas. Vale a pena comentar?
.
.

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

HOMENAGEM A ALBERTO DE LACERDA

hino ao tejo
.
Ó Tejo das asas largas,
Pássaro lindo que se ouve em todas as ruas de Lisboa,
Ó coroa duma cidade maravilhosa,
Ó manto célebre nas cortes do mundo inteiro,
Faixa antiga,duma cidade mourisca
Fénix astro, caravela liquida,
Silêncio marulhante das coisas que vão acontecer,
Deslizar sem desastres, sem fado, sem presságio,
Tu, ó majestoso, ó Rei, ó simplicidade das coisas belíssimas:
Nas tardes em que o sol te queima, passo junto de ti
E chamo-te, numa voz sem palavras marejada de lágrimas,
Meu irmão mais velho.

Alberto de Lacerda, poeta e pintor (1028-2007)

René Char considerou-o "um dos quinze poetas europeus de voz universal", e Eduardo Lourenço, que aludiu ao seu ar distante "de Pierrot lunar ou de anjo um pouco dandy, já de passagem para aquela espécie de pátria que só o poema lhe daria", acentuou também que a sua obra é a de "um poeta que, como raros, bebeu até ao fundo a sua vertigem solar. E que como nenhum outro se revisitou revisitando a aventura arquetípica de Camões".

Tendo sido autor de ensaios sobre arte, não admira que os artistas plásticos sejam o núcleo duro das suas amizades, casos de, entre outros, Vieira da Silva, Arpad Szènes, Menez, Júlio Pomar, Paula Rego e Jorge Martins. Esta circunstância explicará a importância que na sua obra assume o diálogo da poesia com a pintura.
.
Dois dias depois de Prado Coelho, é mais uma referência de um Portugal intelectual, mais uma figura ímpar das letras portuguesas, que nos deixa.
.
.

MAIS TACHOS PARA A ASSEMBLEIA

é esta a política de sacrifícios de sócrates?
.
A Assembleia da República tem 348 funcionários do quadro e 213 assessores (76 do PS , 53 do PSD, 24 do PCP, 22 do CDS, 26 do BE e 12 dos Verdes. Ao todo, a AR gasta 500 mil euros mensais com pessoal.

Agora, a mesma AR aprovou o recrutamento de um assistente individual para cada um dos 230 deputados. Isso implicará uma despesa mensal entre cerca de 300 e 500 mil euros. Ou seja, entre 4,6 e 7 milhões de euros por ano.
.
Numa altura em que se estão a exigir tantos sacrifícios aos portugueses, faz algum sentido estar a atribuir mais 230 “tachos” camuflados de “postos de trabalho”?
.
.

QUEM É QUEM NO GOLFE DE VILAMOURA?

e quais os seus objectivos?
.
O Oceânico Golf Team Portugal, de Vilamoura, vai dar a conhecer, no dia 29, os jogadores de golfe e o treinador que integram a equipa.
Na mesma altura, o clube divulgará exporá os seus próximos objectivos, torneios e classificações.
.
Seria bom saber também de que forma a equipa pretende interagir com a freguesia que a acolhe.
.
.

HOMENAGEM A PRADO COELHO

ai, simplex!
.
"Há momentos em que nos damos conta de que o Simplex, essa excelente e meritória iniciativa concebida por Maria Manuel Leitão Marques, está a funcionar, mas há outras em que choramos pela sua ausência, na expectativa de que um dia, não demasiado longínquo para a nossa esperança de vida, chegue. Dei-me conta disso ao acompanhar e mesmo participar no processo de legalização em Portugal de alguém que trabalha em minha casa há já algum tempo, e que, pelas suas capacidades profissionais, e sobretudo pelas suas qualidades humanas (como pude comprovar em período recente da minha existência) é pessoa de quem é fácil gostarmos: a brasileira Maria Nágila Bezerra, pessoa de permanente bom humor, que ri mesmo quando conta as mais terríveis tropelias a que possa ter sido sujeita.Sucede que há algumas semanas atrás começou a não aparecer ou a chegar mais tarde. Não se tratava, como vim a saber, de deambulações existenciais por montes e vales, nem mesmo de acessos místicos, mas antes de razões infelizmente mais prosaicas: ia ao SEF. Rapidamente descobri que se tratava do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. E pude compreender que o modo de funcionamento desta instituição nem sempre teria aquela perfeição que nós desejaríamos para um serviço público em área tão sensível como esta. Comprova-se que, se por vezes encontramos funcionários amáveis e colaborantes, desejosos de nos facilitar a vida, outras há em que nos confrontamos com pessoas stressadas e amarguradas pelo amarelo das paredes e os dramas conjugais para os quais quase nunca contribuímos mas de que pagamos as implacáveis consequências. Para ir ao SEF, a Nágila levantava-se antes de o Sol nascer para se deslocar de Alverca até Lisboa, onde, às portas do SEF, se organizava uma fila imensa de pessoas que esperavam cinco e seis horas para serem atendidas. E quem as atendia? Gente zangada com a vida que parecia ter uma especial volúpia em criar dificuldades: incapazes de explicarem tudo o que as pessoas precisavam de levar, incapazes de perceberem que as pessoas que atendiam tinham certas limitações na compreensão dos mecanismos burocráticos portugueses, descobriam sempre mais papéis que faltavam, o que obrigava a recomeçar tão exaltante peregrinação. Tenho à minha frente o papel que acabou, ao cabo de porfiados esforços, por lhe ser dado e que, num português em que "há menos" se escreve "à menos", se intitula "Renovação de Autorização de Permanência Temporária para Trabalho subordinado", esclarecendo-se, para consolo das nossas almas, que é ao abrigo do art. 217, n.º 1, da Lei 23/207 de 04 de Julho. Que é preciso? Um passaporte válido, um comprovativo das condições de alojamento (contrato ou atestado da Junta de Freguesia), declaração do IRS e cópia da nota de liquidação relativa ao ano fiscal anterior, contrato de trabalho e declaração actualizada da entidade patronal a atestar o vínculo laboral, declaração da Segurança Social regularizada a confirmar os descontos efectuados, requerimento em impresso de modelo próprio (www.sef.pt) e duas fotografias. Com todas estas tarefas, por sucessivos dias, a Nágila deixou de aparecer. Andava por Alverca e Lisboa à procura de papéis - belo ideal de vida. Única vantagem: aprimorei a minha capacidade de fazer camas. E vou melhorando noutras tarefas domésticas."
in “Público” de domingo, 26 de Agosto de 2007. por Eduardo Prado Coelho
foto de Sergio Granadeiro/Expresso
.
Ainda na véspera, o escritor e ensaísta escrevera este “ai simplex!”. Quando o jornal saiu à rua, Eduardo Prado Coelho aguardava que o levassem à sua “última morada”.

Ao escutar os elogios fúnebres institucionais, senti a amarga sensação de que tinham sido escritos pelos assessores. Como dizia o “Público” online, ontem, os “intelectuais públicos”, correm o risco de lhes “ser servido um funeral de estado”, a que se seguirá a função toponímica e, pronto, está o caso despachado!

Uma má forma de despachar, Professor. Descansa em paz.

.
.

domingo, 26 de agosto de 2007

MOMENTOS

......equanimidade
.

nunca me iludi sequer, nem um instante:
porque sempre soube querer-te para mim
e agora, que te tenho e tu me tens,
vamos amar-nos sempre. Até ao fim.


060219
extr.foto: Alexandru Matusciac
.
.

sábado, 25 de agosto de 2007

PONTOS DE VISTA (1)

bolos na praia e brinquedos com arestas
.
Bolas-de-berlim fofas e ainda húmidas, e bolos variados tirados com tenazes de uma caixa de lata com várias gavetas, que uma mulher vestida de branco trazia à cabeça. Batatinhas fritas em pacotes transparentes, cheios de sal e pegajosos do azeite, vendidas por homens que palmilhavam o areal a gritar: "Olhááá batatinha frita! Olháááá batatinha frita!" Barquilhos de proveniência anónima, transportados em sacos enormes, as mesmas mãos que no-los passavam faziam os trocos. Farturas transportadas aos montes em grandes seiras, embrulhadas em papel pardo que rapidamente ficava sujo do óleo. Fruta avulsa, maçãs, laranjas e peras, figos também, vindos sabe-se lá de que pomares ou quintais, vendidos à peça ou em sacos de plástico: "Pode comer à confiança que estão lavadinhos!" Gelados prefabricados com sabores standard, chocolate, baunilha, morango, que saíam do fundo das caixas-geladeiras de carrinhos de venda ambulantes decorados com autocolantes, movidos a pedais e com guarda-sóis para abrigar os vendedores. Gomas redondas, grandes e coloridas, tiradas de máquinas postas à porta das esplanadas da praia, metia-se a moeda, girava-se um manípulo e lá saía a gorda pastilha elástica que se estilhaçava dentro da nossa boca. E as pastilhas rectangulares de cinco tostões, rijas e cheias de corantes, que davam bolas enormes e pegajosas.
.
Brinquedos feitos de lata, metal ou plástico, cheios de arestas cortantes, pecinhas que caíam, partes que se soltavam. Piões bem aguçados. Facas e lanças de índios plastificadas e com pontas afiadas. Pistolas de cowboy ou de homem do espaço que disparavam bolas, dardos ou ventosas. Arcos com flechas que magoavam se atiradas de muito perto. Reproduções de armas medievais, machados, espadas, alabardas e picos, responsáveis por muitos "galos". Carrinhos Dinky Toys e Corgi Toys, compactos, pesados e pintados com tinta que rapidamente começava a esfarelar-se com o uso. Berlindes de vidro e "abafadores" multicoloridos que se podiam estilhaçar, se atirados com um pouco mais de violência. Cowboys e índios de plástico que também perdiam a tinta rapidamente, e soldadinhos de chumbo perfeitíssimos que os irmãos mais pequenos eram apanhados a meter na boca e a trincar.
.
Eu, e todos os da minha geração, crescemos a comer nas praias doces, salgados e frutas de origens e em condições que fariam os zelosos inspectores da ASAE, e os maluquinhos da "higiene" em geral, deitar as mãos à cabeça. E a manusear brinquedos que esbugalhariam de terror os fanáticos da "segurança" das crianças e causariam apoplexias fulminantes aos burocratas das "normas de protecção". Pelos critérios actuais, teríamos todos sofrido gravíssimas perturbações de saúde, ficado mutilados, deformados ou parcialmente inutilizados, quiçá morrido envenenados.
.
Eu e todos os da minha geração devemos ter tido uma sorte descomunal, uns anjos-da-guarda atentíssimos ou uns anticorpos formidáveis, porque não nos aconteceu nada de verdadeiramente grave. Pelo contrário: soube-nos tudo muito bem e divertimo-nos imenso.
in “Diário de Notícias”, 25/Agosto, por Eurico de Barros, jornalista
.
.

TEVE-SE BEM... NO SURFÓREGGAE

“é só paz e amor”… e demasiada cerveja, também
.
Esteve animado o denominado “Festival Surfóreggae” de ontem à noite, no extremo Nascente do Calçadão de Quarteira Muita gente jovem, uma organização sem dar origem a grandes reparos.

Ritmos alegras, como convém a gente jovem – o que a indústria musical jamaicana entendeu, tornando-a a mais imaginativa do mundo.
.
Depois de uns quantos conjuntos de “menor envergadura”, a fechar a noite estiveram os autores do célebre “Tá-se bem”, os Kussondulola, a banda portuguesa de reggae que mais tem vendido em Portugal.

Com uma série de bons riddins – sempre entremeados pelos apelos à paz, ao amor – os Kussondulola conseguiram alguns momentos de plena exaltação, ainda que a maior parte dos muitos assistentes, nunca venham a entender o significado de Jah e, do rastafari, pouco mais "entendam" que os penteados e as toucas exóticas de cores ragga.

Junto do palco, braços levantados, algumas vozes a intentarem desenhar um coro, alguma exaltação – ainda que muita artificialidade.

Mais afastados, pares habitavam o frescor da relva, procurando fugir das concentrações de “alegria alcoólica” e do cheiro enjoativo de muita erva…

A presença da autoridade foi discreta e, felizmente, não se tornaram necessárias acções de “especial rigor”, como frequentemente acontece.

Pena foi que, finda a exibição dos Kussondulola, alguns jovens esquecidos dos conselhos de Jah, tenham usado as avenidas Sá Carneiro e Mota Pinto como pista de rali. Sem que a GNR, ali a dois passos, tentasse evitar aquelas demonstrações estúpidas de ases do volante…
.
Quando é que em Portugal se começa a fazer como “lá fora”, impedindo estes patrocínios alcoólicos, especialmente nas festas de gente jovem?

No caso presente, não podemos esquecer que a festa era patrocinada – e financiada - pela Câmara de Loulé. E não fica bem ver uma entidade oficial associada a uma qualquer super bock!
.
.

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

ETA EM QUARTEIRA

era só o que nos faltava...
.
"O carro com matrícula portuguesa usado na fuga do atentado, ocorrido na passada madrugada, em Durango, no País Basco, cuja autoria é atribuída à organização terrorista basca ETA, foi alugado através de uma empresa de Quarteira, e levantado no Porto, há cerca de três meses."
.
in “Público”, 24.08.2007 - por Arnaldo Mesquita

Só o que nos faltava era aparecer o nome de Quarteira ligado a actos de terroristas internacionais!
.
.

ASAE FECHOU NIKKI DE VILAMOURA

por falta de licenciamento
.
A Autoridade para Segurança Alimentar e Económica(ASAE) encerrou, ontem à noite, por “questões técnicas”, a Casa Nikki Night Club, que este ano abrira em Vilamoura, nos jardins do Marinotel.

A visita dos técnicos da ASAE verificou “falta de condições para se proceder à festa” que ia iniciar-se, tendo, como cabeça de cartaz, o Dj ‘Motiv8’, da banda norte-americana Black Eyed Pees, obrigando a um adiamento da dita festa.

Será desta vez que as casas de diversão nocturnas, que nascem e morrem como cogumelos, no Algarve durante a época estival, vão começar a entrar “na linha”, ou continuarão a "driblar" a Lei?
.
.

JANTAR AUTÁRQUICO NO CASINO

com baile para os velhotes…
.
A Câmara Municipal de Loulé vai realizar, no Casino de Vilamoura, no Dia Mundial da Terceira Idade, 1 de Outubro, um jantar destinado aos idosos do concelho, que denomina “Noite de Estrelas”.

Segundo comunicação à imprensa, a autarquia pretende reunir nesse jantar 500 idosos que assistirão ao espectáculo do casino e, segundo a mesma nota, “poderão dar um pezinho de dança”, num contributo destinado a “minorar o seu isolamento e solidão, promovendo-se a dignificação e melhoria da qualidade de vida deste grupo etário”.

Melhorar a qualidade de vida de 500 velhotes, com o jantar de uma noite?! Não encontra a autarquia um modo mais eficaz para procurar “melhorar a qualidade de vida” daqueles que estão na fase final de suas existências do que dar-lhes um jantarinho no casino?

E se o senhor presidente da câmara experimentasse ir a casa de alguns deles ver como poderia melhorar a qualidade dos seus últimos tempos de vida, não faria muito melhor?

Decididamente, esta câmara perdeu o sentido do ridículo!
.
.

116 000

número de alerta para crianças desaparecidas
.
Uma directiva europeia do passado mês de Fevereiro, determina que todos os Estados-Membros teriam de atribuir, até final de Agosto, o número 116 000, para a comunicação de casos de crianças desaparecidas.

Por esta razão, o Governo português decidiu atribuir esse número ao ao Instituto de Apoio à Criança, cumprindo assim a determinação da directiva europeia.
.
.

A CÂMARA BRINCA CONNOSCO

quarteira merece mais respeito !
:
Tem sido uma constante durante todo o Verão.
A Câmara Municipal de Loulé anuncia na sua página oficial da net a agenda de eventos para Quarteira.


Ao lado, mostramos uma parte dessa página. O próprio ‘Calçadão’ tem divulgado na sua agenda de eventos culturais e recreativos os eventos divulgadas pela CML.

Mas grande parte das iniciativas de animação que a câmara de Loulé divulga não passam de um embuste.

Ainda ontem, como podem observar, estavam anunciados uma exibição de samba-batuque e um desfile de mulatas. Mulatas? Nem as belas mulatas de Quarteira por lá apareceram a passear. Quanto a samba… nem “viste-lo nem ouviste-lo”!

É esse o res-peito que a Câmara de Loulé tem pelos Quartei-renses e por aqueles que nos visitam?!

E o “nosso” vereador Possolo Viegas permite essa afronta?

Quarteira merece respeito, por parte da autarquia louletana !
.
.

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

SEXO OU TRABALHO!

quem tem dúvidas na escolha?

.
"A investigação da Universidade de Goettingen, na Alemanha, teve resultados surpreendentes. O objectivo era saber quais as razões que determinam a vontade de algumas pessoas para trabalhar mais do que o previsto e normal, e os investigadores concluíram que os que passam mais tempo no trabalho são os que menos sexo praticam. "
in “Expresso” online, 23/Ago
Foto: autor desconhecido (web)


Agora percebo por que razão o meu patrão tem sempre aquela cara de enjoado!...
.
.

EMPRÉSTIMOS PARA UNIVERSITÁRIOS

não há tradição de trabalhar para financiar o curso
.
"Os estudantes universitários vão ter acesso a empréstimos com juros mais baixos já a partir deste ano lectivo.

O decreto-lei que o Governo aprova hoje em Conselho de Ministros prevê que o Estado passe a ser fiador junto da banca, através de um fundo de garantia mútuo, com uma participação inicial de 1,5 milhões de euros.

O novo projecto para financiamento do ensino superior irá abranger licenciaturas, mestrados, doutoramentos, mas também projectos de investigação, no âmbito do ensino público e privado.

No caso dos jovens que peçam apoio para financiar a licenciatura, o empréstimo terá um limite de 25 mil euros, distribuídos pelos diversos anos de curso.A medida deve entrar em vigor já este ano lectivo […]”
in “Diário de Notícias” online, por Diana Mendes, 23/Agosto

Portugal era um dos poucos países que não tinham esta forma de financiamento.
.
.

QUANDO MENOS SE ESPERA

pode ser-se surpreendido
.
A contrastar com as magras e pouco imaginativas actividades de animação promovidas pelas autarquias louletana e quartei-rense, que mal conseguem prender a atenção a quem passa, o veraneante descuidado pode ser maravilhado, uma ou outra vez, por episódicas e inesperadas manifestações artísticas.

Foi o que aconteceu connosco ontem, no ‘Calçadão’, onde, em contraste com a ausência completa de atracções nocturnas na ‘Marina’ e com a indigente oferta de um duo amador na rua Vasco da Gama, fomos surpreendidos por um pequeno grupo de músicos sul-americanos que ofereciam aos veraneantes uma belíssima combinação de músicas populares e folclóricas.

Não é difícil encontrar atracções; o que é preciso é querer procurar…
.
.

MAU TEMPO VOLTA NO FIM-DE-SEMANA

previsões apontam para trovoadas no sul
.
O tempo vai continuar instável até ao final do mês de Agosto, apesar da ligeira melhoria das temperaturas registada esta semana.

A partir de amanhã e durante o fim-de-semana a chuva vai regressar, sobretudo ao Algarve.

Segundo o Instituto de Meteo-rologia, as previsões apontam para a ocorrência de precipitação intensa e trovoadas na região Sul já amanhã, situação que se estenderá, sábado, ao resto do País. O mau tempo é acompanhado com uma pequena descida de temperatura no Sul.

No domingo, as regiões mais afectadas serão as do Norte. Nova melhoria poderá começar a sentir-se segunda-feira.

Quando não há notícias… falamos do tempo!
.
.

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

O MAR ‘TÁ FRIO!

vento baixa temperatura da água
.
Assim que a gente mete o pé na água, dá logo um passinho para trás. Depois, lá vai, aos poucos, ou num “mergulho” a fingir folgança e jovialidade, para acabar com o tormento.Mas a verdade é que todos têm razão quando se queixam de que a água do mar está fria.

Temperaturas de 24 e 26 graus na água… quem se lembra disso? Mesmo as temperaturas médias de 22 graus, onde foram parar? Este ano, as temperaturas têm rondado os 19 graus nas costas algarvias.

Dizem os responsáveis pelo Instituto de Meteorologia que isso se deve, especialmente, à orientação dos ventos".

A explicação pode ser essa. Mas então, como se justifica o incremento, nas nossas costas, de espécies piscícolas do norte de África, como o peixe-aranha? Ainda há dias os entendidos da UA diziam que tal se fica a dever ao aumento da temperatura das águas no Algarve…

Em que ficamos? Está mais quente para os peixes e mais fria para os banhistas?
.
.

INVESTIGAÇÃO A FINANCIAMENTO AO PSD

as coimas podem ir a um milhão de euros
.
Nas análises feitas às contas das campanhas eleitorais, o Tribunal Constitucional chegou à conclusão de que o PSD recebeu, em 2002, um donativo indirecto da Somague, uma sociedade de construções e obras públicas, violando a Lei do Financiamento dos Partidos.
O donativo terá entrado por caminhos ínvios, através do pagamento de serviços prestados por uma empresa de comunicação no valor de mais de 233 mil euros.


O PSD, os dirigentes responsáveis na altura e as empresas envolvidas arriscam-se a coimas que podem ir de quatro mil a um milhão de euros.

Até aqui, tudo bem; ou tudo mal, conforme o ângulo por onde se analise o problema. A pergunta que fica no ar é esta: e os outros? Com o CDS, já se sabe que há problemas…
E estará tudo bem com o PS?

Ai se alguém se lembra de investigar, com rigor, as contas das autárquicas de cá, de 2001 e 2005 e as relações destas com construtores e outros empresários!...
.
.

terça-feira, 21 de agosto de 2007

REBELO DE SOUSA CANDIDATO A PR?

entrevista para ser lida com atenção em quarteira
.
Numa entrevista de hoje ao Diário Económico, Marcelo Rebelo de Sousa diz que o estado da governação era razoavelmente bom até ao início do ano; mas que os últimos seis meses foram desastrosos. Ainda assim, afirma, Sócrates tem condições para reverter a situação e renovar a sua maioria.

Referindo-se ao estado do PSD, Rebelo de Sousa comenta que “é curioso” e refere que as queixas de que Marques Mendes não apaixona, não seduz e, em domínios fundamentais não conseguiu passar a mensagem da alternativa ao Governo, se podem justificar porque o líder laranja não quis, julgando que é cedo para o fazer.

O professor acrescenta “que é difícil encontrar pessoal político, que o cavaquismo está velho e que os barrosistas cabem numa mesa de jantar”, concluindo que “o desafio de Marques Mendes, que tem todas as condições para continuar a ser líder, é ir buscar gente nova”.

Nessa extensa entrevista, em que, a propósito da sua actuação como crítico de televisão, chegou “a pensar que o ciúme, a inveja e a delação atravessavam certos sectores da sociedade portuguesa”, Rebelo de Sousa admite que possa vir a ser candidato a Presidente da República.

Como comentador político e a propósito daqueles a quem os comentários não agradam, Rebelo de Sousa diz: “Eu não me incompatibilizo… Há pessoas que engolem e disfarçam, outras não disfarçam sequer e ficam incompatibilizadas durante um tempo. É o preço inevitável…”

Estas palavras do professor obrigam-nos a fazer um paralelismo com o que se passa com certos “políticos”, em relação ao “Calçadão de Quarteira”… incompatibilizam-se connosco. Não sabem separar as águas.

No dia em que Deus fez a distribuição de massa cinzenta, chegaram atrasados…
.
.

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

SURPRESA NO TRÂNSITO ( Capítulo 2 )

o poste ficou como recordação
.
Ontem, tínhamos lançado o post “Surpresa no trânsito de Quarteira – Nunca ali se viu um único táxi”. Nesse artigo, contávamos como a GNR actuara, rebocando carros que estavam tão mal - ou menos mal – estacionados que outros, no mesmo local. Só que, ali, alguém tinha mandado plantar um sinal de “parque”, com uma pequena indicação de “táxis” e, no entanto, nunca ali se tinha visto qualquer táxi estacionado.

No seguimento de um comentário a esse post, estabelecemos contacto com um leitor que, hoje mesmo nos comunicou:

"[…]. Em todo o caso, alguém terá roubado a placa do sítio. Ou então os serviços camarários removeram-na deixando lá ficar o poste […]”.

Logo a seguir, recebemos novo comentário, que passamos a reproduzir:

“Caro amigo: Já correspondi ao seu pedido. Acabei de lhe enviar um e-mail com o regulamento aplicável à situação.
Já agora aproveito para informar os leitores do ‘Calçadão’ que esta não era a única praça de táxis ilegal. Junto ao mercado das 4ªas feiras, no topo norte, no arruamento da escola primária, foi plantada outra praça ilegal.
Lamentavelmente, este começa a ser o concelho em que os autarcas começam a ser os primeiros a não cumprir os regulamentos, nem as leis, nem coisa nenhuma.
Loulé já se transformou numa terra sem lei e... muito naturalmente, dos autarcas que já perderam a vergonha”.

.
A situação parecia tão surreal que, correndo o risco de não chegar a casa a horas de jantar, pois o trânsito em Vilamoura, neste tempo, torna qualquer deslocação uma aventura de consequências imprevisíveis, decidi ir ver com os meus próprios olhos.

O resultado está à vista: o poste está lá. A placa, como o comentador afirmara… desapareceu.

Como demorei demasiado tempo a chegar a Quarteira, abandonei a ideia de ir verificar pessoalmente o que se passa, relativamente à segunda praça de táxis referida. Mas acredito piamente no que afirmou o nosso leitor.

Se as “autoridades” comprovaram que o sinal estava ali indevidamente colocado, eu pergunto: e agora, quem vai ressarcir de prejuízos os proprietários dos carros rebocados no Domingo?
.
.

SURFÓREGGAE NO CALÇADÃO

reggae à portuguesa
.
O “Festival Surfóreggae”, um evento particularmente vocacionado para a "malta jovem" e para os entusiastas dos ritmos caribeños e jamaicanos, que pretende conjugar a prática do surf à música reggae vai cumprir-se na próxima 6ª feira.

É, conforme oportunamente divulgámos, uma iniciativa da Associação Dinamika, desta cidade, subsidiada pela Câmara de Loulé, que terá o seu ponto alto, no “calçadão nascente”, com a actuação dos Kussondulola, uma banda portuguesa de reggae.

Trata-se de mais um evento que o site da Junta de Freguesia de Quarteira... desconhece .
.
.

MAIS UM MEMBRO DO GOVERNO NO ALGARVE

a gastar dinheiro dos contribuintes
.
Idália Moniz, a secretária de Estado da Reabilitação vem amanhã a Faro para… inaugurar uma plataforma elevatória no Governo Civil, adaptada a pessoas com mobilidade condicionada.

Com franqueza! Os governantes portugueses não têm nada de mais útil para fazer?

É uma forma de gastar dinheiro dos contribuintes ou de justificar um passeio ao Algarve?
.
.

CENÁRIOS EDÍLICOS !...

…ou ressacas etílicas?
.
A autarquia de Loulé não pára de surpreender. Não por aquilo que faça de positivo; mas pelo ridículo de certas atitudes, ideias e escritos dos responsáveis pela animação e cultura da edilidade, que, despudoradamente, distribuem pelas redacções dos jornais.

Agora anunciam, para um dia destes, uma “noite branca embuída (sic) no espírito do branco”, para proporcionar “momentos únicos “numa vivência total do espírito urbano” (sic).

A iniciativa parece ter como finalidade comemorar “a ‘ressaca’ do Verão algarvio” (sic).

Ah, segundo nota oficiosa da autarquia, a Cerca do Convento, nessa noite vai apresentar um “cenário edílico” (sic), assim a modos como uma “gigantesca sala de estar” e para que a surpresa possa ser total exige-se “trajo de rigor”, uma vez que “a organização apela a todos que usem o branco como traje de rigor” – só não diz se curto ou comprido, smoking ou casaca…

Nas redacções do jornais, devem estar todos a rir a bandeiras despregadas e surpreendidos com a descoberta de que em Loulé se reproduzem cenários “edílicos” e a tentarem perceber o significado do verbo “embuir”.

Cá por mim, a culpa é da “ressaca” dos responsáveis da cultura da Câmara de Loulé! Cenários… etílicos?...

Nota necessária: os erros ortográficos, semânticos, sintácticos e… os demais, são da inteira responsabilidade da… “Organização”!
.
.

domingo, 19 de agosto de 2007

MOMENTOS

a feiticeira
.

Só agora percebi:
Tens poderes de feiticeira
E, assim, dessa maneira,
Apaixonei-me por ti.

Como tu me fascinaste?
Foi feitiço ou foi olhado,
Já que fiquei encantado
Desde que em mim reparaste?…

Teus olhos foram capazes
De tão fatal atracção.
Agora, sei como fazes:

Olhas meus olhos, assim,
Dizendo ao meu coração:
Quero-te todo, p’ra mim!


o60404
Foto: Stanmareck - 54
.

SURPRESA NO TRÂNSITO DE QUARTEIRA

nunca ali se viu um único táxi!
.

Leitor amigo manda notícias da Avenida Mota Pinto. Daquelas notícias que deixam a gente de boca aberta.

Toda a gente sabe que, desde sempre, mas sobretudo nos meses de férias de Verão, o estacionamento em Quarteira é perfeitamente caótico, a ponto de toda a gente se dar ao luxo de deixar o carrinho, em transgressão, onde quer que seja: nas faixas de rodagem, nos cruzamentos e curvas, em cima das passadeiras de peões, tapando o acesso a propriedades privadas, em fila dupla… enfim, uma perfeita e total anarquia, sem que ninguém pareça estar preocupado com isso.
.
Ora ontem, sábado, 18 de Agosto, por volta das dezassete horas, Quarteira foi surpreendida por uma excepcional acção de controlo por parte da GNR.
Onde? Como? Quando? Porquê? Para quê?

Pois a GNR mandou chamar nada mais nada menos que dois reboques para retirar uns cinco ou seis automóveis estacionados… no parque de estacionamento para táxis, no cruzamento da Avenida Mota Pinto com a Rua Luís de Camões.

Certo? Legalmente, sim, mas… já alguém viu uma vez - uma única vez -, um único táxi - um que fosse - estacionado nessa praça de táxis? Nunca!

E a menos de 50 metros, estava um carro com duas rodas sobre a relva, dez metros depois, um outro assentava os quatro pneus noutra placa de relva, outro tapava meia passadeira de peões e uma infinidade deles não respeitavam as distâncias legais aos cruzamentos e curvas, vários permaneciam com rodas sobre os passeios. Em volta de toda a rotunda próxima, aquela que tem as estátuas novas, mais de uma dezena de carros ocupava a faixa de rodagem exterior. Isto, para não falar nas muitas centenas de viaturas estacionadas, em transgressão, nas faixas de rodagem das avenidas Sá Carneiro, Mota Pinto, de Ceuta e todas as vias envolventes. A GNR só viu aqueles carros, Não os outros.

É claro que, dez minutos depois da retirada das viaturas pela GNR e seus reboques, a tal praça de táxis… estava novamente cheia. Não de táxis, claro. Esses, nem devem saber da sua existência!

O que pode justificar actos esporádicos como este da GNR? Não são para levar a sério, pois não?
.
.

sábado, 18 de agosto de 2007

JUNTA DE FREGUESIA

ou agência matrimonial?
.
A Junta de Freguesia da “Cidade de Quarteira” não desiste de nos tentar surpreender.
Imagine-se que agora pretende funcionar como agência matrimonial !...

.
Espante-se, leitor: ao lado da mensagem do presidente, destaca-se um apelo “A Todos os Noivos e Apaixonados de Portugal”. Nada mais: a todos!

Ao “clicar” nesse destaque somos conduzidos para uma mensagem surpreendente, na secçãp "Notícias": “ O casamento dos seus sonhos está ao alcance do seu talento. – Fonte: JFQuarteira”

Costuma dizer-se que o ridículo mata. Nada mais falso, não é verdade, presidente José Mendes? O site da “Junta de Freguesia da Cidade” continua vivo!
.
.

POLÍTICA AGRÍCOLA EM VILAMOURA

em jantar do rotary clube
.
O Rotary Clube de Loulé realiza na segunda-feira, dia 20 de Agosto, num hotel de Vilamoura, mais um dos seus jantares festivos, durante o qual será debatido o tema "Evolução da política agrícola comum – o futuro do sector na Europa".

Milho transgénico fará parte da ementa ou dos discursos?
.
.

KASABLANCA FECHADO OUTRA VEZ

já chegámos a marrocos, ou quê?

.
Começa a ser um hábito: os proprietários da discoteca e restaurante Kasablanca de Vilamoura chegam a Loulé, nas vésperas da abertura da época estival, a fim de requererem as licenças de funcionamento.

Entretanto, como metade de Lisboa veio para o Algarve e não há clientes na capital, os proprietários, donos do “Grupo K”, fecham lá uma discoteca, carregam tudo numa camioneta: garrafas, copos, maquinaria, móveis, empregados… e no dia seguinte, abrem o Kasablanca, em Vilamoura!

Claro que ninguém tem tempo, de um dia para o outro, de conceder as necessárias licenças e, por isso, o estabelecimento abre sem lei nem roque… Mas abre; e toda a gente acha muito natural.

No ano passado, já as autoridades tinham encerrado o restaurante Kasablanca por “falta de higiene e asseio”. Os proprietários, como se a lei não fosse feita para eles, despudoradamente, reabriram-no no dia seguinte; mas as autoridades não estiveram com meias medidas e o gerente foi dormir à enxovia.

Pois ontem, de madrugada, a ASAE, Autoridade para Segurança Alimentar e Económica, voltou a encerrar o restaurante, no âmbito de uma acção de fiscalização efectuada a 50 espaços nocturnos no Algarve.
.
Vamos ver quantos dias está fechado. Dizem que o papá dos donos do “Grupo K” tem dinheiro que baste para resolver tudo…
.
.

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

POÇOS DE St. BÁRBARA REQUALIFICADOS

quando se sabe o que se deve fazer…
.
A Câmara de Faro procedeu à requalificação paisagística de seis poços em Santa Bárbara de Nexe, quatro no sítio do Colmeal, um no sítio do Canal e o último no sítio do Telheiro. As empreitadas encontram-se em fase de conclusão.

As intervenções têm como objectivo a requalificação paisagística dos espaços envolventes, diferenciando o espaço pedonal e autónomo relativo ao espaço viário, incidindo também sobre a plantação de algumas espécies arbóreas e estruturação de zonas de estar e respectiva pavimentação em calçada
in “Região Sul” online, 17/Ago

Isto chegará para os presidentes da câmara de Loulé e da junta de Quarteira saberem o que devem fazer aos poços da Rua da Pernada a que se referia uma comentadora do 'Calçadão' aqui há uns dias?

Se calhar não chega… mas podem pedir explicações a Faro!
.
.