já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

sábado, 16 de maio de 2009

Contra autocaravanismo selvagem

bota desta vez acertou em cheio
Na sua ânsia de dar nas vistas, desdobrando-se em atitudes quixotescas e muitas vezes alvares e com pouco ou nenhum sentido, Mendes Bota, de vez em quando "acerta uma".

Foi o caso da iniciativa que tomou, conjuntamente com outro deputado, de apresentar, na Assembleia da República, de uma proposta de projecto-lei para regulamentar e disciplinar a actividade do autocaravanismo – tanto no que se refere à circulação, como ao parqueamento de autocaravanas.

Reconhecendo a inexistência de infra-estruturas de apoio, de sinalização e de áreas de estacionamento devidamente legalizadas, os deputados lembram que essa situação “tem conduzido a situações conflituais que não revertem em favor dos interesses económicos, nem da boa imagem do país”.

Mesmo que não concordemos com todos os aspectos propostos, (como, por exemplo, a nefelibata “obrigatoriedade” de as estações de abastecimento de combustíveis com mais de seis conjuntos de bombas de abastecimento disporem também de uma estação de serviço vocacionada apenas para autocaravanas), reconhecemos a urgência de criação de normas disciplinadoras e concordamos com outras propostas, como a de só ser permitido o autocaravanismo nos parques para essa actividade previstos nos POOCs e só até um determinado limite. Sendo tão elevado o número de autocaravanas que entram anualmen-te em Portugal, ainda que reconheçamos que o comércio local possa daí recolher benefícios, a verdade é que os danos ambientais e a degradante imagem turística que proporcionam são factores extremamente negativos e que produzem efeitos tão nefastos como os que podemos apreciar diariamente nas praias de Quarteira.

É uma imagem que só se verifica em Portugal, já que, passada a ponte do Guadiana, em parte alguma se observa. Venha a Lei; e que seja para se cumprir.

Saudamos, assim, a iniciativa de Mendes Bota.

8 comentários:

LUIS NUNES disse...

(Recebido por e-mail)`

CAROS SENHORES

SOBRE O VOSSO BLOG ACHO QUE ASSIM AS COISAS NAO PODEM CONTINUAR MAS POR CAUSA DE UM OU DOIS NAO QUER DIZER QUE SEJAM TODOS IGUAIS.
EM RELAÇÃO A MINHA PESSOA E OS CONSELHOS QUE DOU AOS MEUS AMIGOS É QUE PARA O ALGARVE NEM PENSAR COMFORME OS SENHORES REFEREM E MUITO BEM BASTA PASSAR A PONTE DO GUADIANA E LOGO: SOMOS BEM RECEBIDOS COM BOAS CONDIÇÕES, SEM PORTAGENS NA MAIORIA DAS AE, COMBUSTIVÉL MAIS BARATO ENFIM.....

SE CALHAR QUANDO IA PARA O ALGARVE ERA MAL RECEBIDO POR FALAR PORTUGUÊS.....

CUMPRIMENTOS
LUIS NUNES

Anónimo disse...

O Autocaravanismo deverá ser U R G E N T E M E N T E imposto regras de obrigatoriedade de permanência em parques de campismo.

Para isso basta alterar a lei de proibição de campismo na via pública, acrescentado simplesmente "inclusivé é proibida a paragem habitada das autocaravanas durante a noite".

Anónimo disse...

Porquê?

joaoljj disse...

Estou plenamente de acordo com o Luis Nunes.Quanto ao anónimo, tenha juízo, se eu quizesse fazer campismo comprava uma tenda e não uma autocaravana, tudo na vida deve ser feito com bom senso deichemo-nos de radicalismos, punam-se os que prevaricam e deixem os de boa fé seguir o seu caminho.

André disse...

"Para isso basta alterar a lei de proibição de campismo na via pública, acrescentado simplesmente "inclusivé é proibida a paragem habitada das autocaravanas durante a noite"."

Quanto a este comentario, devem se esquecer do movimento de capital que os autocaravanistas fazem.. Sou proprietario de um mini mercado e agradeço a vinda destas pessoas, são a minha salvação nos meses de inverno, pois estas pessoas estão presentes o ano inteiro...

E mais digo, quem é contra é porque tem inveja, ou porque nao pode ter ou entao porque lhes tiram os estacionamentos ao pé das praias, que ficam a 200 metros dos apartamentos e que custa muito fazer a pé, ou entao por fim, são os proprietarios de parques de campismo que levam balurdios pela estadia nos parques de campismo, que poucas ou nenhumas condições tanto a nivel higienico como em segurança, e estão a fz força para que leis da treta saiam da secretaria para o diário da républica.

Por ultimo, essas leis não vão para a frente porque uma autocaravana é um simples ligeiro de passeiros.. que não pode ser impedido de circular nem estacionar na via publica, logo ao proibirem vão contra a própria constituição da républica (descriminação)

Cumprimentos...

Anónimo disse...

Pá toda a gente sabe que quarteira é só pretos e ciganos, praqué que querem tar por lá com uma trambolho desses?

Anónimo disse...

E verdade que o algarve ja tem demais turistas e que as 37 000 autocaravanas que chegam a Portugal por ano vindas de toda a europa , ja nao teem interesse para ninguem , pois o Algarve e uma regiao pobre feita so para o jetset, os autocaravanistas nao incomodam ninguem , apenas teem preciso de areas de serviço , como os outros payses da europa ja teem a muito tempo , por favor deixem estes turistas em paz , par o bem da economia local.

Anónimo disse...

Bom fim de Semana.
Se as auto-caravanas incomodam tanto me devolvam o dinheiro dos impostos com que fazem os parques de estacionamento. (descriminação).
Será que os auto-caravanistas incomodam o tráfego de droga nocturno que é praticado nos parques de estacionamento.
Sabe-se que os estabelecimentos comerciais têm sido assaltados depois da proibição de permanência destes.