já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Bota 27 – Ferreira Leite 1

e olhão quer que amaral avance
Ontem à noite, Comissão Política Distrital do PSD/Algarve aprovou, com 27 votos a favor e um contra, a candidatura de Gonçalo Amaral à presidência da Câmara de Olhão, tal como era desejo do líder do PSD/Algarve.

Agora, a Comissão Política Nacional terá de se pronunciar. Se o nome de Amaral for chumbado, conforme a opinião de Manuela Ferreira Leite, ou a distrital procura outro candidato, ou o ex-inspector poderá concorrer como independente, mesmo com o apoio informal do PSD local.

Em qualquer caso, a Comissão Política Nacional não pode impor um candidato.

Mais uma bota… para Ferreira Leite descalçar.

30 comentários:

Sérgio disse...

Ora aí temos uma notícia interessante!
Serve perfeitamente para demonstrar o que temos afirmado muitas vezes: que o PSD é actualmente o partido mais democrático português.
Em Olhão, a vontade das bases é respeitada e “a Comissão Política Nacional não pode impor um candidato” – porque é isso que está definido pelo Partido.
Então, se for verdade o que soa em Quarteira, aí temos o exemplo acabado que a arrogância socretina está a fazer escola, pois dizem que o líder concelhio do Partido Socialista recusa o direito de as bases se pronunciarem, pois pretende impor um seu protegido.
E deve ser verdade porque o senhor Ezequiel, que foi o anterior candidato derrotado do PS, anda a dizer a toda a gente que ele é o candidato do seu partido às eleições para a Junta de Freguesia.
Afinal, onde está a democracia dos socialistas de Loulé?

Maria, de Olhão disse...

A MFL não tem já quaisquer condições para exercer a liderança.
Eu acho que deveria fazer o que o Menezes recomenda: eleições já, para que o PSD entre na normalidade para enfrentar o ano eleitoral.

Tou-ta-Ver disse...

A propósito das palavras do Sérgio:
Que está à espera o Partido Socialista de Loulé para definir quem é o candidato à Câmara?

Sabem perfeitamente que o Joaquim Vairinhos é a única possibilidade que têm de conseguir um resultado que não seja desastroso.

Ou será que a estratégia da actual liderança do PS/Loulé passa por deixar aniquilar completamente o partido a nível concelhio, para daqui a uns anos, qual Phenix, o fazer renascer das cinzas?!

O que se passa em Quarteira é isso mesmo que o Sérgio disse. O líder concelhio quer impor um candidato e, apesar de os Estatutos do PS serem muito claros, "proibe" que a assembleia dos militantes de Quarteira faça a sua escolha.

Sem candidatos capazes para uma ´disputa autárquica que nunca é facil, será aque o líder do PS/Loulé pretende mesmo arruinar o que resta do "seu" partido?

César Reis disse...

Como disse Mendes Bota, o Gonçalo Amaral não está na plenitude dos seus direitos cívicos? existe no seu percurso de vida ou na sua conduta moral e ética algum aspecto ou facto que contrariem a assumpção destes direitos?
Porque razão é que MFL se arroga o direito de excluir uma escolha dos militantes locais?
É essa a postura aberta, moderna e democrática de que falava?

Anónimo disse...

AH AH AH AH ó Tou-ta-Ver, não acredites que ele quer arruinar tudo...... deve querer deixar em aberto o lugarzinho para o parlamento.........
O que ele já conseguiu foi dividir o PS em Quarteira.
AH AH AH AH !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1
E dizem que o Dr. Seruca Emídio é um ditador !!!!!!!!!!
AH AH AH !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A. Leitão disse...

Porque não fazem sondagens? Mandaram fazer uma em Faro e estas apontavam para uma vitória confortável de Macário Correia ao município farense.
Isto é que é proceder com honestidade para o PSD/Faro poder decidir com base em mais qualquer coisa para além da vontade de Mendes Bota….

AB disse...

O Toute-a-Ver e o Anónimo falam de uma coisa importante mas não é só no PS de Loulé. No PSD acontece o mesmo: as pessoas que se agarram ao partido nunca mais o querem largar e acham que ficam com direitos adquiridos.
Os partidos do poder são assim mesmo

Portuense no Algarve disse...

NEM TODO O PS É IGUAL!

Renato Sampaio, líder da distrital socialista do Porto, considera que a escolha do candidato à Câmara do Marco "está inquinada" e exclui-se da "contaminação pública que o assunto passou a ter", com a notícia do convite ao ex-número dois de Ferreira Torres, Norberto Soares (dos jornais)

Ele exclui-se. Não exclui os outros nem impôs a sua vontade! Há Botas e Nunes em toda a parte. Mas também há Renatos Sampaios.

Carlos, Algarve disse...

Mais um à procura de tacho...

Cláudia disse...

Drº pode contar com o meu voto para correr com carraças que se agarram ás cadeiras!

Anónimo disse...

Em Olhão não estão fartos desse Leal?
Afinal, o que tem feito de especial?

Anónimo disse...

Boa, Tou-te-a-Ver! VAIRINHOS, VAIRINHOS, VAIRINHOS.
Abaixo com os incompetentes. Chega de Pedros Oliveiras, Hugos Nunes, Victores Aleixos, Joões Martins, Ruis Lourenços e mais meia duzia de lapas agarradas sos tachos.
Deixem-se de andar à procura de GNRs para as listas. Agarrem-se aos independentes e ponham o VAIRINHOS a comandar as tropas.

Custódio disse...

O ex-chefe da judite dem Olhão? que o homem tem prefil e um facto mas de politica nao deve perceber nada so porque e mediatico foi escolhido pela destrital
Custódio

Gustavo disse...

Eu agora percebo as asneiras do sr. Amaral na forma como conduziu o caso da inglesa desaparecida. É do PSD...

Anónimo disse...

GA candidato pelo PSD ? Percebo melhor agora, porque foi afastado pelo "boy" Alípio Ribeiro.

João Fernandes, Faro disse...

Mendes Bota morria se não arranja-se a estrangeirinha com a CPN do PSD. Já arranjou. Porquê e para quê? Porque necessita de aparecer e começar a esboçar o discurso para o caso das coisas correrem mal. G Amaral também aproveita e vende mais uns livrinhos. Lembro apenas que a PJ dá azar ao PSD. Lembram-se do Fernando Negrão? Pois é, deu no que deu. Isto não faz nada bem à democracia. Tenho pena que o PSD de Olhão se tenha deixado enredar, ao longo destes últimos anos, pelo PS e na teia de interesses por este partido montada nesse Concelho. Mas é a vida, quem não tem cão caça com Bota e Bota nem gato é.

António disse...

PS, PSD, PCP, BE, etc tem todos o mesmo defeito! o que é preciso é um movimento baseado nas vontades das pessoas e não duma elite!

Anónimo disse...

Se as pessoas começarem a achar que há ligação entre a política e a justiça começam a associar a justiça à corrupção e a desvios de fundos.

Nem os vejo ! eh eh disse...

Uma boa análise de João Fernandes!
Bota quer é o protagonismo. Isso já a gente sabia.
E pelos vistos, no outro lado as coisas são da mesma maneira! Pelo que contam de Loulé, acho que isto deve ser "doença de deputados"!
;)

Vasco disse...

Não estou a ver a comparação entre o que se passa em Loulé e em Olhão!!!!

Mendes Bota está a cumprir os «Princípios Orientadores do PSD para as Eleições Autárquicas».
Se em Loulé os PS não cumprem as orientaçãoes do seu partido, é problema deles.

Sebastião da Treta disse...

Aquele partido está numa desgraça...

Anónimo disse...

A Comissão Coordenadora Autárquica do PSD decidiu propor à Comissão Política Nacional do PSD que recuse a candidatura de Gonçalo Amaral, ex-inspector da Polícia Judiciária (PJ), à câmara de Olhão. Na base do pedido estão os critérios do partido que impedem que um militante que há pouco tempo tenha tido um cargo nas forças de segurança se candidate a um cargo político.

Anónimo disse...

gonçalo amaral face ao que se passa em olhão a nivel de abuso do poder por parte do actual presidente chico lela era se calhar o melhor candidato que o psd podia arranjar. as grandes empresas do imobiliário ,assentaram arraias em olhão e o favorecimento é mais que muito por parte da autarquia que tem no psd em vez de um ópositor um apoiante.gonçalo amaral daria um pouco de crédito ao psd em olhão pois os actuais vereadores fazem mais parte do poder que da óposição,tudo isto em troca de favorecimentos imobiliários. todos estas questões podem ler no blog olhãolivre e no forum olhão.

Floripes, Olhão

Rodriguez disse...

Há poucos anos um DN da PJ saiu (foi despedido) de forma controversa e foi de imediato acolhido no PSD sendo até eleito deputado. Agora é outro quadro superior que também sai de forma igualmente controversa e de imediato abriga-se no guarda chuvas do mesmo partido sendo, mesmo apresentado como candidato a presidente de câmara! Hum.............aqui à gato.................

Anónimo disse...

Vamos ver quem ganha no fim...
Bota é isso... não bate com perdigota!

Ribeiro disse...

O Amaral também não deve ter vergonha... Se fossde comigo que visse que a chefa não me queria, voltava as costas e pronto!

Anónimo disse...

Eu sou dos que acreditam que os politicos não todos iguais como muita gente quer fazer crer. Há os bons e os maus como em todas as profissões do mundo. Obama é uma esperança embora tenha sobre os seus costados um peso inimaginável. Por cá também há de tudo. Vejam este post do Faro Est de Pedro Cabeçadas de Faro:A Comissão Política Distrital do PSD Algarve, liderada por Mendes Bota, votou ontem com 27 votos a favor e um contra, a nomeação de Gonçalo Amaral, ex-inspector da Judiciária que ficou célebre com o caso Madleine,para candidato do partido à Cãmara de Olhão!
Uma vez que Manuela Ferreira Leite disse publicamente não poder aceitar este candidato pelo seu relacionamento recente e até há pouco com o "poder", estamos perante uma "guerra aberta" entre Bota e Ferreira Leite!
E quem vai ganhar?
Será que a "presidenta" vai levar a melhor? Ou Mendes Bota conseguirá impôr-se?
Esperemos que isto não degenere numa verdadeira "batalha campal" pois Mendes Bota, no seu período revolucionário do PREC, ficou bem conhecido pelo apedrejamento a militantes e simpaztizantes do PPD num comício realizado no antigo Cine Esplanada de S.Luís!
"Manuela Ferreira Leite que se cuide! É que o homem de Loulé, na altura tinha boa pontaria!

Tou-ta-Vder disse...

Declarando uma "nova era de abertura", Obama, no seu primeiro dia de mandato, suspendeu os processos de Guantanamo, decidiu “apertar o cinto” a Washington e, numa das suas primeiras medidas enquanto chefe de Estado, anunciou o congelamento dos salários de alguns membros seniores da Casa Branca e disse que vai apertar as regras em relação ao trabalho de antigos “lobbyistas” que trabalham para o governo.

Aos colaboradores, disse: "Deixem-me dizer isto da maneira mais clara que puder: a transparência e a força da lei serão as pedras basilares desta presidência".

Oxalá, oxalá...

Anónimo disse...

Mendes Bota considerou que Amaral tem sido vítima de «uma campanha de desinformação que dura há mais de um ano e que tem procurado descredibilizá-lo» e falou de «forças poderosas estão por detrás disto».

Lourenço Anes disse...

Perante a série de e-mails recebidos acerca das candidaturas de Gonçalo Amaral e Macário Correia, só me compete afirmar o seguinte:

1. Sobre a candidatura de Gonçalo Amaral, todas as incidências relatadas já foram confirmadas pelos midia nacionais. Não tenho, portanto, nada mais a acrescentar.

2. Sobre a candidatura de Macário Correia, apesar de ele, ainda ontem ter afirmado “Vou aguardar. Este processo está no princípio e existe uma série de etapas formais a cumprir”, posso garantir que… a história não está bem contada. Por ele.
Com efeito, desde a primeira semana de Dezembro que a deliberação do PSD está tomada: Macário seria (e é) candidato a opor a Apolinário, para a Câmara de Faro – conforme, aliás, o ‘Calçadão’ informou em 13 de Dezembro.
Tudo o mais não passa de poeira lançada aos olhos dos “distraídos”, mas que não dignifica nem a política, nem os políticos. O que aliás é natural quando as pessoas constatam que um político está a mentir. E toda a gente terá a confirmação de que Macário está a mentir quando ele já não puder evitar o anúncio público.

De resto, devo ainda acrescentar que a maior parte das notícias sobre ambos os casos foram por mim mesmo comprovadas… presencialmente!

Ficam assim esclarecidas as dúvidas e desconfianças que me foram apresentadas. Que me desculpem os que me enviaram e-mails sobre a matéria por não lhes ter respondido individualmente.

Cumprimentos

L. Anes