já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Democracia é de vez em quando

se as regras não forem as minhas, não jogo!
Imagens construída por Galiós
Macário Correia foi ontem reeleito presidente da Grande Área Metropolitana do Algarve (AMAL), com os votos contra do PS. Os autarcas socialistas decidiram, então, não fazer parte do executivo desta associação.

Desde sempre, a AMAL integrou membros dos dois partidos. Desta vez, os autarcas do PS propuseram que o executivo ficasse composto pelos autarcas de Alcoutim (Francisco Amaral, que ficaria como presidente), São Brás (António Eusébio, PS) e Vila do Bispo (Gilberto Viegas, PSD).

Como a proposta foi chumbada pela maioria PSD, que aprovou a recondução de Macário para a presidência, com os autarcas sociais democratas de Loulé (Seruca Emídio) e de Albufeira (Desidério Silva) a completarem o órgão, o PS saiu do executivo, embora fosse sua intenção manter um representante, o presidente da câmara de São Brás.

Ou seja: os socialistas queriam que a AMAL fosse presidida pelo social-democrata Francisco Amaral e o PSD decidiu manter Macário na presidência; então tiveram uma birra e saíram de jogo.

Serão estas atitudes de intransigência de parte a parte, o melhor caminho para a regionalização que ambos os partidos dizem querer?

14 comentários:

Anónimo disse...

Mas será assim tão bom esse taxinho?
Ou o que interessa é tár lá para ver se dali se salta para outro melhor? tipo: da Tavira para Faro ou quen sabe para uma Secretaria de Estado..,
POr mim, são todos a mesma corja e se há 3 dias de eleições este ano não me vão apanhar em nenhum
Que se lixem e se governdem

Euzinha disse...

Ai vocês já meteram o Macário outra vez na brelinda?
Porque é que vocês não gostam do Macário?

paraquedas disse...

Regionalizar não acaba com a corrupção. E a corrupção está enraizada de norte a sul so país. Temos de começar por outro lado.
Basta olhar para a Itália e veres como é que estão as regiões dominadas pela máfia, aliás. a regionalização é um factor facilitador do surgimento de máfias e poderes locais criminosos.
Eu sou a favor, mas não considero que seja a solução última.

Anónimo disse...

Caros Regionalistas,

Ainda bem que este comentário não desceu aqui de paraquedas. Tem no seu conteúdo uma preocupação fundamental e amadurecida, relacionada com o comportamento dos protagonistas políticos e de outros figurões muito "jeitosos".
É precisamente devido a este comportamento que não saímos da "cepa torta" e vamos sendo ultrapassados pelos últimos entrantes na União Europeia.
Portanto, se começarmos a odiar o lugar de "lanterna vermelha do desenvolvimento", entre os países mais desenvolvidos, antes da regionalização, temos de mudar de protagonistas políticos: isto é, correr com os das provas mal dadas.
Este texto foi mesmo curto e incisivo, acho eu.
Os meus cumprimentos.

Salboerro

CCOR disse...

Tenho dúvidas que a regionalização seja o remédio, penso que na sua génese estão coisas boas, com as quais concordo e que não me importaria de apoiar, no entanto, também penso que rapidamente será tomada de assalto pelos mesmos de sempre, transformando-se numa duplicação inútil de custos para o país.

Cumprimentos

Almeida Faria disse...

Continuo a pensar que os "vampiros" já estão à espera.

Se a regionalização for a solução para o desenvolvimento, que se faça a regionalização.

No entanto, o povo das regiões que eventualmente venham a ser criadas, que aprenda com os erros dos "outros"...

"O poder perturba as mentes e corrompe"... e os homens são todos iguais.

Sebas disse...

... e da última vez que se perguntou a maioria respondeu Não!

Mas há sempre iluminados...

'bora lá trabalhar e demonstrar que não precisamos do centralismo. Agora menos do que antes - sempre houve desde que somos nação - agora até existe internet

Há muitos à espera de tacho e já afincadamente a lutar por ele

Anónimo disse...

Bora lá...

Viva a Regionalização!!!

Desmantelar o Aparelho Centralista!!!!

J. Pinto disse...

Os socialistas algarvios são engraçados....
Se não lhes fazem as vontades saiem de cena amuados, têm birras, teimam e batem o pé.
Mas não sao capazes de aceitar as regras democráticas que tanto dizem defender.
É como neste caso da Regionalização: dizem que querem.... mas já alguém os viu fazer alguma coisa porque isso vá para a frente?
Eu até nem posso com o Mendes Bota mas neste caso tenho de lhe tirar o chapeu

Anónimo disse...

Acredita mesmo que estes indivíduos POLÍTICOS DE CARREIRA, não se deram conta do fosso profundo que os vários governos CENTRALISTAS foram cavando todos estes anos, entre a capital e o resto do país e no Porto em particular? Acredita que não se tenham apercebido de uma coisa que só não vê QUEM NÃO QUER VER?

Anónimo disse...

Óh Pinto, se lhe tiras o chapéu ele pode atrapalhar-se e tira o capaxinho.
Nunca te fies num gajo com xinó.
Se esconde a careca, esconde muitas coisas mais

Anónimo disse...

os políticos são todos sujos

Anónimo disse...

Então os xuxas queriam presidir?

Sameiro disse...

Os socialistas são, em toda a parte assim. Se as coisas não forem como eles querem, saem de jogo, têm birras.
Chama-se a isso não saber perder.
Cumprimentos
Sameiro