já fizeram uma visitinha

Amazing Counters
- desde o dia 14 de Junho de 2007

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Hotelaria pede crédito ao Governo

500 milhões de euros davam jeito…
Imagem: aproveitamento de um desenho de Ben Sargent, recolhido na Net
Em carta enviada ao primeiro-ministro José Sócrates, a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve formulou um conjunto de propostas para minimizar as consequências da crise mundial, que inclui "uma linha de crédito de médio prazo, no montante de 500 milhões de euros" e, entre outras coisas, "a redução do IVA sobre a alimentação e bebidas para a taxa mínima de 5 por cento".

A associação dirigida pelo senhor Elidérico deve ter muita razão.

Realmente, quando me cobram, em certos estabelecimentos de Vilamoura, dois euros por uma bica (que já dá lucros se for vendida a 35 cêntimos), fico cheio de pena pelo senhor Pestana, pelo senhor Saviotti, pelo senhor Alexandre de Almeida, pelo senhor Vaz Guedes e até pelo senhor Hilton e todos os outros grandes empresários da hotelaria algarvia…

Que querem? Eu sou como o Sócrates: gosto de emprestar aos ricos para que estes possam fazer alguma coisinha pelos pobres…

4 comentários:

1,2,3 disse...

Vou organizar a associalão de inquilinos e compradores de casas em prestações do Algarve. Depois pedimos uma linha de crédito, se possível a afundo perdido, para o Socras largar umas massinhas para a gente pagar o aluguer ou as prestações!
Mái nada!

Anónimo disse...

eu também precisava de uma linha de crédito dessas. O meu latinhas precisa de ser trocado ou, pelo menos, de uma reparação das pesadas...
Posso pedir ao Governo de Sócrates?

Anónimo disse...

Também tenho muita peninha dos senhores donos dos hotéis!

Álvaro disse...

A CML já está a ajudar: vai fazer um hotel a meias conm a cuf mas fica tudo de baixo do chão